imagem

Caro leitor e cara leitora…

Imagine este cenário:

Você está no supermercado, alguém o reconhece e se aproxima para uma conversa…

Esta pessoa está feliz em revê-lo e começa a perguntar sobre sua família… 

… sobre aquela visita que você está devendo… e compartilha uma série de novidades …

… a empolgação é tamanha, mas você não consegue lembrar o nome dela e precisa interromper a conversa e perguntar:

“Desculpe, mas . . . qual é o seu nome mesmo?”

Se você já passou por uma situação como essa…

…concorda que não é nada agradável constantemente esquecer nomes… rostos… acontecimentos… lugares e objetos, certo?

Mas há duas coisas que você precisa saber sobre esse contexto:

A primeira é que as falhas de memória, infelizmente, são algo relativamente comum entre pessoas que já passaram dos 60 anos.

De modo que é comum aparecerem:

… os esquecimentos recorrentes, que te fazem ficar contando sempre as mesmas histórias…

… os lapsos de memória, que acabam te colocando em situações embaraçosas na hora de lembrar o nome de amigos e familiares próximos…

… a falta de foco, concentração e energia para fazer as tarefas do dia a dia…

… e o raciocínio lento que vem te deixando cada vez mais "para trás" ano após ano…

Bem, é aí que entra a segunda informação que você precisa saber sobre os seus problemas de memória:

Por mais comuns que eles sejam, definitivamente, esta condição NÃO precisa ser normal…

… pois, hoje, existem alternativas naturais e cientificamente comprovadas que podem, sim, ajudar o seu corpo a:

Produzir novos neurônios…

Turbinar a sua memória…

Aumentar sua capacidade de raciocínio, foco e aprendizado…

E, ainda, reduzir em 28% o risco de demência…

imagemMeu nome é Nelson Annunciato, sou neurocientista e há mais de 40 anos me dedico a estudar o cérebro humano. 

E, hoje, quero te revelar como é possível acessar esta alternativa, baseada em estudos de renomadas instituições internacionais, para que você tenha a chance de preservar e melhorar a saúde do seu cérebro. 

E não… eu não estou falando de exercícios populares, como fazer palavras cruzadas ou jogar sudoku…

Mas, sim, de um conjunto de substâncias 100% naturais, acessíveis e pautadas pela ciência…

…. que podem contribuir para potencializar as suas funções cognitivas e limpar aquela “névoa cerebral” que te impede de ter pensamentos fluidos.

Refiro-me à uma verdadeira…

…“Fórmula da Alta Performance Cerebral que pode ajudar homens e mulheres a terem um cérebro rejuvenescido mesmo após os 60 anos.

Apenas para você ter uma ideia rápida do que tive acesso recentemente:

Você sabia que existe um nutriente essencial para o funcionamento do seu cérebro que pode…

… colaborar na capacidade mental, atuar na memória, aprendizado, atenção e, em alguns casos, pode até mesmo desacelerar os sintomas de Alzheimer?

Ou ainda…

O nutriente que atua como um “mensageiro instantâneo” que pode, segundo os estudos científicos que vou te revelar aqui,…

… ajudar na comunicação dos neurotransmissores e contribuir para a formação de novas memórias?

Sim, é isso mesmo que você leu!

Por isso, esqueça tudo o que te disseram até agora sobre a incapacidade de manter uma mente ágil com o passar dos anos…

… pois a ciência — a qual eu tanto amo e me dedico — já comprovou que é totalmente possível ampliar sua performance cerebral, independentemente da idade.

imagem

Fonte: Superinteressante

E é exatamente isso que quero te mostrar…

… como usar e acessar o combo de substâncias 100% naturais presentes nesta “fórmula” para que você tenha a chance voltar a produzir novos neurônios e:

Continuar sendo a referência ou o “porto seguro” da sua família...

Fazer listas mentais, sem ter que escrever tudo na caderneta…

Realizar várias tarefas, sem perder o foco e raciocínio…

Decorar nomes e reter novas informações…

E estar lúcido, atento e disposto para brincar com seus netos…

Já imaginou como seria voltar a desfrutar desses pequenos, mas significativos, feitos?

xadrezidosas

Pois bem, meu amigo e amiga, hoje você conhecerá uma maneira que pode contribuir para que isso volte a acontecer…

Mas, antes de eu te revelar tudo sobre a “Fórmula” da boa memória e como você pode acessá-la ainda hoje aí na sua casa…

Eu preciso explicar o que pode ter motivado os seus problemas de memória:

Eu não sei se você sabe, mas a partir dos 60 anos, as chamadas zonas escuras começam a surgir com mais rapidez no seu cérebro…

Você deve estar se perguntando: “zonas escuras”?

Elas nada mais são que espaços com pouquíssima função metabólica, como se fossem vazios dentro do cérebro, que comprovam que ele está – literalmente – ENCOLHENDO.

Veja, a imagem abaixo fala por si só:

cérebro encolhido

Pra você ter uma ideia…

Com 70 anos, você pode ter perdido mais de 10% do volume do seu cérebro.

Com 80? Já podem ser mais de 20%.

Já, em alguns casos mais graves, o cérebro pode chegar até mesmo a ⅓ do seu tamanho original.

E adivinhe: 

O hipocampo, a parte do cérebro responsável pela formação de sua memória, É A ÁREA MAIS AFETADA.

Ela pode diminuir em até 35%, segundo concluíram os pesquisadores do Departamento de Neurociência da Universidade da Califórnia. 

imagem

É como se a cada dia, você estivesse sob o risco de perder uma lembrança…

Primeiro são as chaves… 

Depois são as senhas… 

E logo mais o nome dos amigos e familiares próximos….

E isso não envolve somente a sua memória, mas também outros sintomas persistentes como…

Quando você começa a ler um livro e não consegue ter foco para terminar a leitura… 

Ou quando você sente aquele desânimo ou fadiga mental que te impede de fazer aquela atividade que antes era prazerosa…

Sim, tudo isso podem ser sinais de que o seu cérebro está encolhendo.

E sinto em lhe dizer, mas se você não agir AGORA

… a tendência é que este caminho te coloque até mesmo na mira de distúrbios cognitivos severos.

imagem

Fonte: CNN Brasil

Eu sei que pode parecer assustador…

… mas não estou exagerando e preciso te alertar o quanto antes.

Permita-me explicar melhor…

Você sabia que um dos principais motivos pelo qual o nosso cérebro DIMINUI é porque ele está altamente intoxicado

Caso você não saiba, grande parte do que consumimos está repleto de agentes nocivos para o nosso cérebro. 

E até mesmo falo de coisas inocentes do nosso dia a dia, como… 

Tomar um cafézinho daquelas máquinas que contém cápsula com revestimento interno de alumínio… 

Beber água de uma garrafa de plástico…

E até mesmo usar utensílios na cozinha que contenham algum material suspeito…

Apenas, ao fazer isso, você pode estar exposto a agentes plásticos e até mesmo metais tóxicos como mercúrio, cobre, arsênio e tantos outros….

… e contribuindo para um dano maior para o seu cérebro.

E não sou eu quem está dizendo e, sim, a própria ciência. Veja só:

Em um estudo publicado no Journal of Alzheimer 's Disease, os pesquisadores descobriram que pequenas quantidades de alumínio já produzem neurotoxicidade…

imagem

De forma simples, isso significa que a exposição contínua a produtos que contenham alumínio…

… pode acumular, ao longo da vida, esse metal nos tecidos neuronais do cérebro e aumentar o risco de Alzheimer.

E, se isso ainda não te convenceu…

…. veja só o alerta que os pesquisadores da University of British Columbia, os autores do estudo, deixaram na conclusão do documento:

“A hipótese de que o Al (Alumínio) contribui significativamente para a DA (Doença de Alzheimer) é construída com base em evidências experimentais muito sólidas e não deve ser descartada. Medidas imediatas devem ser tomadas para diminuir a exposição humana ao Al (Alumínio)”.

As toxinas no seu cérebro são apenas uma parte do problema… 

Ainda poderia citar outras razões…. 

Como o excesso de açúcar no sangue que causa uma inflamação generalizada, inclusive, no seu cérebro. 

Problemas de circulação que impedem que nutrientes importantes e oxigênio cheguem até o seu cérebro. 

A privação do sono que impede que, à noite, o nosso corpo faça uma “faxina” na sujeira cerebral. 

E até mesmo os medicamentos sintéticos podem favorecer os problemas de memória.

Inclusive, este último os pesquisadores já conseguiram enxergar uma relação entre uso contínuo e impacto nas funções cognitivas. 

cérebro e remédios

É claro que não é uma relação direta, na qual o indivíduo usou o medicamento e, automaticamente, adoeceu. 

Mas me refiro a uma espécie de efeito cascata, provocada pelo uso crônico de determinadas drogas sintéticas. 

O que eu quero que você entenda é que essa cascata de efeitos colaterais pode agredir, sim, diretamente o seu cérebro…

… mas a influência acaba não sendo identificada. 

De uma maneira simples, é como se os remédios usassem luvas…

… e não deixassem os seus rastros e digitais nos problemas de memória que acabam surgindo com o passar do tempo.

Quer um exemplo?

Sabe aqueles medicamentos da classe estatinas, na qual inclui os conhecidos sinvastatina e fluvastatina…

… e que são altamente indicados para baixar os níveis de colesterol alto e prevenir ataques cardíacos?

Apesar do sucesso de venda da indústria farmacêutica, quase nada é dito — ou explicado — sobre os perigos destes medicamentos. 

Para você ter uma ideia… existe uma lista dos efeitos colaterais relacionados ao uso da estatina, como compilou a Mayo Clinic, nos Estados Unidos.

Veja só: 

Disfunção sexual (impotência); 

Crescimento das mamas em homens; 

• Problemas cognitivos como diminuição da memória e alterações de humor; 

Diabetes tipo 2; 

Hipertensão arterial; 

Aumento de peso; 

Danos ao fígado; 

Dores crônicas; e 

É claro, demência.

Bom, pela gravidade do problema, você pode imaginar o empenho da ciência na busca de uma solução.

E para a nossa alegria, eles comprovaram a ação de não só uma…

… mas de um verdadeiro combo de substâncias naturais que podem ajudar não só proteger a sua memória, mas também a melhorar o seu desempenho cognitivo…

… para que você tenha a chance de ter o seu cérebro do mesmo tamanho e a sua memória e o raciocínio nunca mais te deixem na mão.

E o melhor: tudo de maneira acessível, natural e segura.

Eu sei que parece bom demais para ser verdade…

Mas, veja…

Eu dediquei mais de 40 anos da minha vida ao estudo do funcionamento do sistema nervoso do nosso cérebro.

Fiz doutorado em Ciências pela USP e pela Universidade Médica de Lübeck, na Alemanha. 

E também fiz um Pós-Doutorado pela Universidade de Munique.

nelson estudanteFonte: arquivo pessoal

Viajei pelo mundo, conversei com muitos especialistas e tive acesso a inúmeros estudos científicos que comprovam a ação de substâncias naturais…

… importantes e necessárias para que o nosso cérebro continue atuando em sua capacidade máxima, independentemente da idade.

E, sim, eu posso afirmar que esta realidade é TOTALMENTE possível, porque eu já vi isso acontecer na minha frente. 

Já vi o poder que essas alternativas da mãe natureza podem trazer à performance cerebral das pessoas.

E, por isso, tomei a liberdade de compartilhar a minha história pessoal: 

Há alguns anos minha mãe começou a apresentar um declínio cognitivo…

Na ocasião, os esquecimentos estavam à beira de se tornar algo mais sério. 

Sim, estou falando de uma das doenças mais temidas pelos seres humanos, o Alzheimer

Na época eu fiquei simplesmente devastado. 

E como neurocientista, não podia aceitar que uma doença fizesse minha mãe perder a sua identidade.

Ou que levasse ela a esquecer do rosto dos seus filhos e netos. 

Mas, felizmente, esse dia nunca chegou.

Pois, assim que vi os primeiros sinais de perda de memória…

… pedi que ela adotasse algumas recomendações simples, porém extremamente efetivas no combate a perda de memória…

E hoje, aos 100 anos, minha mãe, Maria Annunciato, esbanja lucidez, sem apagões de memória e com a mente funcionando plenamente.

nelson e sua mae maria annunciatoFonte: arquivo pessoal

Você entende o poder disso? 

E, por isso, eu não poderia guardar só para mim tudo o que aprendi na minha caminhada profissional.

Eu tenho certeza que esta é a minha missão: 

Ajudar pessoas, como você, a ter autonomia nas decisões e proporcionar a chance de ganhar qualidade de vida de forma segura e natural. 

E… como estava dizendo…

Aapós ir atrás de estudos científicos que pudessem ajudar o corpo a combater e prevenir os problemas comuns das funções cognitivas…

... consegui encontrar algo INÉDITO…

Que pode “trocar” os seus neurônios velhos por novos e, ainda, te dar a chance de proteger as suas lembranças.

Pois bem, espero que você esteja preparado, pois…

Agora, vou te revelar tudo sobre a “Fórmula da Alta Performance Cerebral” para que tenha a chance de ter uma memória turbinada…

… mesmo depois dos 60 ... 70 ... 80 anos. Não importa a idade!

E só pra deixar muito claro:

Você não precisará de nenhum medicamento cheio de efeitos colaterais ou algum procedimento invasivo.

Ao contrário:

A única coisa que vai precisar fazer é reservar, no máximo, 15 segundos do seu tempo enquanto se prepara para o café da manhã.

Na prática esse é o tempo que você precisará para ingerir o combo de nutrientes essenciais para a saúde cerebral e,

.., em poucas semanas, você terá a chance de se ver:

  Com uma mente mais afiada e ágil…

  Com mais foco e clareza nos seus pensamentos…

✔  Com mais disposição para voltar a fazer as tarefas do dia a dia…

  E livre de uma vida de restrições e esquecimentos

É isso que você deseja? 

Então olha só o que tive acesso:

Existe um poderoso nutriente presente nesta “fórmula” que pode fazer algo que muitas pessoas duvidaram que fosse possível…

Estou falando da possibilidade de REALMENTE reduzir em até 28% o risco de demência.

Você deve estar se perguntando: “que nutriente é esse?”

Pois bem, com vocês, a nossa estrela da “fórmula”: a Colina.

A colina não é realmente considerada um mineral ou uma vitamina…

… mas é conhecida por ser um micronutriente essencial para o desenvolvimento cerebral em todas as fases da vida…

… pois desempenha importantes papéis na cognição, memória, foco, energia e metabolismo.

Ela está presente principalmente nos ovos e na carne, e serve de matéria-prima para a produção de acetilcolina

… um neurotransmissor responsável por nos ajudar a focar, aprender e criar novas memórias.

Sem esse neurotransmissor, a capacidade cognitiva fica prejudicada.

E é claro que a ciência já sabia que, por causa disso, a colina é fundamental para prevenir o declínio cognitivo.

Veja só:

Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, avaliou, durante cerca de 22 anos, o estilo de vida e dieta de 2.497 homens com idades entre 42 e 60 anos. 

Os resultados promissores mostraram que aqueles que consumiam mais alimentos ricos em fosfatidilcolina, uma espécie de molécula composta por fosfato e colina, tiveram 28% menor risco de desenvolver demência.

imagem

Fantástico, não é mesmo?

Além disso, os participantes que consumiam mais colina fizeram testes cognitivos e, também, apresentaram os melhores resultados de memória e linguagem.

O que comprova que o nutriente é ESSENCIAL para o nosso cérebro.

Além da Colina, também não posso deixar de falar da Fosfatidilserina

… um fosfolipídio que também é um grande amigo da sua memória.

Ele é necessário para a formação das membranas das células nervosas e da bainha de mielina, que são essenciais para as funções cognitivas:

→ Raciocínio e Resolução de Problemas; 

→ Capacidade de Concentração;

→ Formação da Memória de Curto Prazo; e 

→ Validação da Memória de Longo Prazo…

Além disso…

A Fosfatidilserina aumenta os níveis dos neurotransmissores…

… de modo que influencia, positivamente, o humor, a motivação e a cognição.

… diminui a liberação de cortisol, o hormônio desencadeado pelo estresse. 

… e aumenta os níveis de serotonina (“a molécula da felicidade”) e dopamina (“a molécula de motivação e recompensa”).

casal de idoso feliz

E, por isso, o composto foi considerado como um potencial aliado para o tratamento de depressão, como concluiu um estudo da Mental Illness Journal.

Quer mais exemplos de nutrientes que podem beneficiar a sua memória?

Você também pode contar com o apoio de dois aminoácidos presentes no cérebro os quais, infelizmente, nós não conseguimos produzir naturalmente.

São eles: Tirosina e Taurina.

A Tirosina é o aminoácido precursor da dopamina, o neurotransmissor relacionado ao controle do humor, prazer, motivação, foco e atenção.

Por sua vez, a Taurina é sintetizada pelo corpo hurmano a partir dos aminoácidos metionina e cisteína, com participação da vitamina B6.

A Taurina pode modular a atividade neuronal e também possui atividade antioxidante, que auxilia na proteção dos seus neurônios.

E, é claro que eu não poderia deixar de destacar nesta “fórmula”, a dupla dinâmica, a qual eu, carinhosamente, apelidei de “Batman e Robin”.

São elas: vitamina B9 e vitamina B12.

Já foi comprovado, por exemplo, que a falta de B12 (metilcobalamina) no cérebro pode levar a problemas graves de memória e simular, inclusive, o próprio Alzheimer.  

E é por isso que se o médico tiver uma suspeita desse diagnóstico (desta doença), ele deve pesquisar o nível de B12 no indivíduo, pois seus níveis baixos mimetizam (imitam) quadro demencial. 

Este nutriente tem por função sintetizar e proteger as células neurais contra ataques de oxidantes e substâncias tóxicas no cérebro…

… que podem impactar na diminuição das funções cognitiva e mental.

Além disso, juntamente com o metilfolato, que é a forma ativa da vitamina B9, eles agem como verdadeiros “interruptores”, ligando e desligando…

…as enzimas ativadoras de três neurotransmissores muito importantes e que podem ajudar a prevenir e combater a depressão, por exemplo.

Esses três neurotransmissores, os quais eu vou chamar de 3 mosqueteiros são: serotonina, dopamina e noradrenalina

Mas, infelizmente, se você já passou dos 50 anos…

…então, de fato, já houve uma diminuição de aproximadamente 20% da sua capacidade em absorver o nutriente.

Veja só, conforme o nosso estômago começa a produzir menos ácido clorídrico, nós temos menos absorção de B12. 

E, aí piora a situação para aqueles indivíduos que fazem o uso dos “prazóis” da vida, as classes de medicamentos indicadas para combater o refluxo e aquela queimação. 

Por isso, meu amigo, eu preciso te alertar…

… se você deseja ter a chance de reter novas informações e não esquecer das coisas importantes da vida…

… você precisa começar AINDA HOJE a se importar em suprir o corpo com os nutrientes que podem contribuir diretamente para que você tenha um cérebro saudável. 

 E é exatamente isso que eu quero poder te proporcionar hoje! 

Preste atenção nisso:

Você já imaginou como seria a sua vida livre dos esquecimentos?

Ou até receber elogios por ter uma mente ágil e tomar decisões sem dificuldade?

Por favor, eu insisto… imagine isso por um minuto.

Você se sentiria confiante ao saber que sua memória nunca ia te deixar na mão?

Você não se sentiria mais relaxado e animado pelo seu futuro?

Imagine o quão fantástico seria você voltar a aproveitar melhor o tempo com a sua família, os seus filhos e netos…

Por isso, se você deseja ter a chance de recuperar aquela memória afiada da sua juventude e até mesmo sair da mira do Alzheimer…

… você precisa de uma coisa primordial!

Achar uma BOA FONTE e BOA PROPORÇÃO dos nutrientes essenciais que auxiliam no processo da boa performance cerebral.

Mas, calma, você não está sozinho nesta jornada.

Lembra que a minha missão aqui é ajudá-lo a encontrar alternativas seguras e 100% naturais para proteger as suas lembranças…

 … e, ainda, ajudar a melhorar as suas funções cognitivas?

 Pois bem… eu vasculhei o mercado e, com base nas minhas pesquisas…

 … encontrei um suplemento alimentar o qual — na minha visão de neurocientista — apresenta bons requisitos para quem deseja ter a chance de preservar e melhorar a saúde do cérebro. 

Me refiro ao mais novo lançamento do Vitaminas.com.vc: o Cogni Sense.

cogni sense

 Como já disse ao longo deste documento...

… nós dependemos de um verdadeiro combo de nutrientes essenciais para sermos capazes de:

Produzir novos neurônios…

Ter uma mente ágil…

Aumentar a capacidade de raciocínio, foco e aprendizado…

Ter mais disposição e lucidez para fazer as tarefas diárias…

E, ainda, reduzir o risco do declínio cognitivo…

E com o passar dos anos os fatores externos e a baixa absorção dos alimentos que contenham esses nutrientes…

… podem prejudicar o funcionamento da nossa memória e capacidade cognitiva no longo prazo…

E, se você chegou até aqui, acredito que busca fontes seguras de Colina, Fosfatidilserina, Tirosina, Taurina, Metilfolato e Metilcobalamina

… os nutrientes-chave da “Fórmula da Alta Performance Cerebral”.

Mas, cuidado: existem versões “batizadas” por aí, que não estão dentro das regulamentações, e eu não desejo que você seja enganado.

E por esse motivo…

 … coloquei toda a minha experiência de mais de 40 anos como neurocientista para te ajudar a encontrar uma ótima alternativa que possa auxiliar a ampliar as funções cognitivas naturalmente.

E me deparei com uma opção que está de acordo com o que considero fundamental para a saúde do nosso cérebro.

Estou falando do Cogni Sense.

E diferentemente de outros suplementos alimentares…

… o Cogni Sense tem em sua fórmula doses equilibradas dos nutrientes que participam do processo da boa performance cerebral.

✔  Colina  

✔  Tirosina  

✔  Taurina 

✔  Fosfatidilserina 

✔  Metilfolato 

✔  Metilcobalamina 

✔  Cromo 

✔  Vitamina C

Por isso eu não tenho nenhum problema em afirmar:

Ao consumir esses nutrientes você terá a chance de se levantar da cama todos os dias com o corpo mais nutrido e um cérebro mais potente.

Bem pessoal, agora, acredito que fiz o meu papel aqui. 

Te mostrei evidências científicas sobre o porquê precisamos cuidar do nosso cérebro e quais substâncias naturais são aliadas nesta missão.

 Agora cabe a você decidir

 Neste momento eu me despeço. 

 Mas deixo vocês aqui com a equipe do Vitaminas.com.vc que vai explicar como você pode adquirir o seu Cogni Sense ainda hoje. 

Um sincero, carinhoso e respeitoso abraço,

Nelson Annunciato.

---- Publicidade ----

O Vitaminas.com.vc apresenta:

Cogni Sense

cogni sense pote

O Cogni Sense é um suplemento alimentar que contém uma combinação exclusiva das melhores matérias primas e doses recomendadas de nutrientes que podem auxiliar o corpo na alta performance cerebral.

✔  Colina  ✔  Tirosina  ✔  Taurina ✔  Fosfatidilserina ✔  Metilfolato 

✔  Metilcobalamina ✔  Cafeína ✔  Cromo ✔  Vitamina C

Com apenas 2 cápsulas por dia, você terá a chance de nutrir o corpo com os nutrientes essenciais para ter um cérebro saudável e, ainda, poderá:

  • Turbinar a Memória;

  • Aumentar a Concentração, o Foco e o Aprendizado;

  • Se sentir mais disposto e lúcido para fazer as tarefas do dia a dia.

  • E reduzir o risco do declínio cognitivo; 

Garanta agora o novo Gogni Sense com uma condição especial de lançamento:

QUERO GARANTIR O MEU COGNI SENSE

 Mas não é apenas isso…

 Por se tratar de um lançamento, somente através deste documento, você receberá uma condição EXCLUSIVA.

 Ou seja, você tem a chance única de garantir o seu Cogni Sense com uma vantagem especial.

 Por isso, não perca tempo e aproveite esta oferta especial que fizemos:

#1 Frete Grátis para TODO o país

frete gratis

Nas compras a partir de 8 potes, levamos seus potes de Gogni Sense aonde quer que você more, DE GRAÇA!


#2 Cashback Progressivo de até R$ 60,00


Assim que comprar o seu Cogni Sense, você automaticamente GANHA até R$ 60,00 para gastar como quiser no nosso site, válido por 30 dias.

#3 Amostra Grátis do Suplemento Alimentar Mag Sense

mag sense

Ao levar 8 potes de Cogni Sense, você receberá AUTOMATICAMENTE uma amostra grátis do Mag Sense, nosso suplemento de magnésio.

CLIQUE AQUI E GARANTA O SEU COGNI SENSE

Ah, e tem mais!

imagemAo adquirir o seu pote de Cogni Sense ainda hoje, você também terá uma Garantia Incondicional de Satisfação de até 30 Dias.

Ou seja, você pode pedir o seu suplemento, tomar durante 30 dias e, caso você não sinta nenhum efeito desejado, pode pedir TODO o dinheiro investido de volta.

Sim, nós devolveremos 100% do seu valor investido, SEM QUESTIONAMENTOS.

É risco ZERO para você.

Então, resumindo, por meio deste documento você terá:

✓ Frete Grátis nas Compras a Partir de 8 Potes

✓ Cashback Progressivo de até R$ 60,00

✓ Amostra Grátis do Suplemento de Magnésio

✓ Garantia de Satisfação de 30 Dias do Cogni Sense

CLIQUE AQUI E GARANTA O SEU COGNI SENSE

Agora é com você!

⬇ Escolha a melhor oferta para você receber o Cogni Sense na sua casa ⬇


imagemimagemimagemimagem


Referências Bibliográficas:

Onaolapo, A. Y., Obelawo, A. Y., & Onaolapo, O. J. (2019). Brain Ageing, Cognition and Diet: A Review of the Emerging Roles of Food-Based Nootropics in Mitigating Age-related Memory Decline. Current aging science, 12(1), 2–14.

Glade MJ, Smith K. Phosphatidylserine and the human brain. Nutrition. 2015;31(6):781-786. doi:10.1016/j.nut.2014.10.014

Crook, T et al. “Effects of phosphatidylserine in Alzheimer's disease.” Psychopharmacology bulletin vol. 28,1 (1992): 61-6.

Hasselmo ME. The role of acetylcholine in learning and memory. Curr Opin Neurobiol. 2006;16(6):710-715. doi:10.1016/j.conb.2006.09.002

Superinteressante. Cérebro é capaz de produzir neurônios mesmo na velhice, diz estudos. https://super.abril.com.br/saude/cerebro-e-capaz-de-produzir-neuronios-mesmo-na-velhice-diz-estudo/ 

Jernigan, T L et al. “Effects of age on tissues and regions of the cerebrum and cerebellum.” Neurobiology of aging vol. 22,4 (2001): 581-94. doi:10.1016/s0197-4580(01)00217-2

CNN Brasil. Casos de demência no mundo podem triplicar até 2050, diz estudo. https://www.cnnbrasil.com.br/saude/casos-de-demencia-no-mundo-podem-triplicar-ate-2050-diz-estudo/

Tomljenovic L. Aluminum and Alzheimer's disease: after a century of controversy, is there a plausible link?. J Alzheimers Dis. 2011;23(4):567-598. doi:10.3233/JAD-2010-101494

 Mayo Clinic. Statin side effects: Weigh the benefits and risks. https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-cholesterol/in-depth/statin-side-effects/art-20046013

 Ylilauri MPT, Voutilainen S, Lönnroos E, et al. Associations of dietary choline intake with risk of incident dementia and with cognitive performance: the Kuopio Ischaemic Heart Disease Risk Factor Study. Am J Clin Nutr. 2019;110(6):1416-1423. doi:10.1093/ajcn/nqz148

 Glade MJ, Smith K. Phosphatidylserine and the human brain. Nutrition. 2015;31(6):781-786. doi:10.1016/j.nut.2014.10.014

 ScienceDirect. Phosphatidylserine. https://www.sciencedirect.com/topics/agricultural-and-biological-sciences/phosphatidylserine

 Hellhammer J, Fries E, Buss C, et al. Effects of soy lecithin phosphatidic acid and phosphatidylserine complex (PAS) on the endocrine and psychological responses to mental stress. Stress. 2004;7(2):119-126. doi:10.1080/10253890410001728379

 Be Brain Fit. How phosphatidylserine benefits memory & cognitive decline. https://bebrainfit.com/phosphatidylserine-benefits/

 Komori T. The Effects of Phosphatidylserine and Omega-3 Fatty Acid-Containing Supplement on Late Life Depression. Ment Illn. 2015;7(1):5647. Published 2015 Apr 1. doi:10.4081/mi.2015.5647

 Bloemendaal M, Froböse MI, Wegman J, et al. Neuro-Cognitive Effects of Acute Tyrosine Administration on Reactive and Proactive Response Inhibition in Healthy Older Adults. eNeuro. 2018;5(2):ENEURO.0035-17.2018. Published 2018 Apr 30. doi:10.1523/ENEURO.0035-17.2018

 Schaffer S, Kim HW. Effects and Mechanisms of Taurine as a Therapeutic Agent. Biomol Ther (Seoul). 2018;26(3):225-241. doi:10.4062/biomolther.2017.251

 American Psychological Association. (2004, April 5). Low Vitamin B12 Is Associated With Poorer Memory In Older People With High Risk For Alzheimer's. ScienceDaily. Retrieved June 7, 2022 from www.sciencedaily.com/releases/2004/04/040405085355.htm

 Gröber U, Kisters K, Schmidt J. Neuroenhancement with vitamin B12-underestimated neurological significance. Nutrients. 2013;5(12):5031-5045. Published 2013 Dec 12. doi:10.3390/nu5125031

 Revista Oswaldo Cruz. Riscos da má absorção de vitamina B12 e cálcio causados pelo uso prolongado do omeprazol em idosos. http://revista.oswaldocruz.br/Content/pdf/Edicao_16_LIOTTI_Ana_Caroline_Costa.pdf

 Blog Daniel Leal. O potencial efeito das estatinas. https://www.danielleal.pt/o-potencial-efeito-cognitivo-das-estatinas/

 U. S. Food & Drug. FDA Drug Safety Communication: Important safety label changes to cholesterol-lowering statin drugs https://www.fda.gov/drugs/drug-safety-and-availability/fda-drug-safety-communication-important-safety-label-changes-cholesterol-lowering-statin-drugs